Pages

sábado, 6 de abril de 2013


Sou uma outra pessoa. Você já se sentiu assim?

Muitas vezes vivemos uma angústia tremenda pq queremos ser o que fomos em fases passadas de nossas vidas. Perdemos o tempo, a paz, a alegria buscando o impossível pois na verdade passado um segundo deixamos de ser quem somos para nos transformar em outra pessoa lapidada pela vida, pelas situações, pelas escolhas.

Minha vida em 2013 deu uma guinada de 360 graus e tem me proporcionado possibilidades jamais imaginadas mas por muitos momentos me pego sem saber o "roteiro" do dia seguinte e isso me causa uma certa estranheza. 
Sempre fui muito controladora em relação a rotina dos meus dias e isso me angustiou por muitos motivos, me fazendo inclusive perder a paz.

Meu tempo não é o mesmo, por isso não consigo escrever aqui com frequência e visitar vocês.

Meus objetivos não são o mesmo, por isso quando penso em escrever no blog percebo que não consigo mas falar sobre as mesmas coisas, o emagrecimento é apenas um pequeno detalhe de minha vida.

Minhas prioridades são outras, por isso precisei reconstruir novos caminhos para minhas tarefas rotineiras.

Meu trabalho tem outro foco, por isso precisei aprender que não é a quantidade que demonstra a capacidade de produção.

Minha alimentação deixou de ser bem planejada, por isso preciso reaprender como fazer reeducação alimentar sem tempo para cortar frutinhas e observar os rótulos do que consumirei.

Minha filha deixou de ser criança, por isso preciso aprender a ser mãe de uma adolescente que ama, sonha e descansar, sabendo que ela buscará  sozinha seus caminhos sem que eu esteja ao lado segurando sua mão mas com a certeza de que o que ensinamos estará sempre guardado em seu coração.

Mudanças nos surpreendem a cada dia e precisamos aprender a REINVENTAR a vida e principalmente aceitar quem somos HOJE.

Estou aqui com a balança marcando 7 quilos além do meu peso ideal, mas a cabeça marcando 100 quilos mais leve da real importância de não ter o corpo perfeito, de não entrar no jeans 38, de não ter a pele livre das celulites.

Me aceitar como estou e não perder o foco de onde quero chegar em minha vida, esse é o meu objetivo hoje. 
Não quero buscar o que outros conquistaram mas quero continuar construindo minha própria história.

E você?
Tem vivido os seus próprios sonhos ou tem buscado o sonho do outro?
Será que você não tem consumidos seus dias tentando ser a mesma pessoa que foi no passado e desperdiçando o que você é hoje?

Bjs.