Pages

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012


Qual é o seu problema?

Fiquei um pouquinho enrolada nos últimos dias para conseguir dar notícias.

Na verdade minha conexão está de brincadeira comigo e está tão preguiçosa que tira minha paciência que já não é muita... rsrsrs

Para quem mora no RJ entende bem o que é a LERDOX, perdão, VELOX; pagamos 1 mb (é a capacidade máxima disponível para minha região... afff) e na verdade temos alguns poucos K disponíveis mas não temos opção pois ainda não chegou por aqui NET e outras melhores.

Mas hoje não quero reclamar e sim me alegrar com o que tenho.

Semana passada reparei que estava ficando rabugenta com qualquer coisa que acontecia, muitas vezes perdia meu tempo e as oportunidades da vida pq as situações não aconteciam como eu tinha planejado e comecei um exercício mental de perceber quando minha mente me levava a reclamar das circunstâncias do cotidiano, pude visualizar o quanto estava ficando reclamona e percebi também o quanto somos insatisfeitos por natureza.

Em dezembro choveu muito e reclamamos que o verão não chegava por aqui, agora aumentou a temperatura e ouvimos por todos os lados: ahhh, não aguento esse calor!!!

Precisamos parar um pouco e olhar ao redor. As circunstâncias, a vida dos que nos cercam e as possibilidades das outras pessoas para que possamos ter a dimensão do quão abençoados somos diariamente com pequenos milagres que a vida nos permite experimentar.

Na sexta-feira fiquei chateada com uma situações de minha vida que a anos não se resolve e tive a oportunidade de logo depois ouvir os problemas de algumas pessoas que me ligaram para desabafar e pude então visualizar a pequenez do meu problema e me lembrei de uma frase que li uma vez que se todos colocassem os seus problemas em uma pilha, tomando conhecimento dos problemas das outras pessoas e tendo a possibilidade de pegar os problemas de qualquer pessoa, nós escolheriámos ficar exatamente com os nossos.

Por isso hoje não vou resmungar, não vou reclamar e sim saber que os meus problemas são os melhores para mim nesse momento. Ainda que por hora me deixem ansiosa, inquieta e até mesmo tristonha mas vou ter força, vou ter fé, vou enfrentar, vou lutar e vou conquistar o melhor para minha vida e serei feliz.

Feliz ano novo para os que começaram só depois do carnaval pois para mim o ano começou em 09/01/2012... rsrsrs

Voltarei depois contando mais um pouquinho dos últimos dias.

Bjkas

5 Comentários

5 comente aqui!:

Tati Carioka® disse...

Só percebemos que reclamamos demais vendo um problema alheio

Aki em Cabufa não tem nem "Lerdox'...hahaah

Estão falando muito do GVT no RJ!

Querida,chore,respire no saco e vida que segue!
Beijaum

Carla disse...

Drica, e amiga só sabemos reclamar e num instante perdemos de olhar e contemplar o belo e ser gratos pela vida, a vida e ela, a vida depende de nos sabermos ou nao vive lá bem, vivamos dia após dia agradecendo pelo ar e pela família perfeita que temos. beijos minha linda, vc anda mesmo muito ausente.

Meninas Poderosas disse...

Net lenta tira a paciência d qualquer pessoa msm rsrsrsrs... é drica na vida muitas vezes reclamamos muito e acabamos esqcendo d vive-la mais...bjoks c cuida..

*Lela* disse...

Drica,

Legal esse ponto de vista, e dependendo da TPM que estiver passando ou oscilação hormonal, todo mundo sofre com a gente,rs!
Não é um conforto e nunca será ver o outro sofrer (sabemos) mas abre nosso horizonte tão centrado em nós, ver pessoas vivendo e sobrevivendo a dores maiores que as nossas...
Vc está certa em agradecer; agradeço a Deus por tudo também*
Beijus

Sandra disse...

Oi flor, nossa você tem toda razão, muitas vezes reclamamos de tudo e não damos valor aos bons momentos que a vida nos proporciona. Tem tanta gente passando momentos terríveis a a gente só no egoísmo. Valeu a mensagem! Bjo

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t